presa digital

O Projeto Reconstruindo Caminhos, parceria entre a Secretaria de Justiça e Cidadania e a Justiça Federal de Santa Catarina(JFSC), recebeu uma menção honrosa do 1º Prêmio Equidade de Gênero no Sistema de Justiça, concedido pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe). O projeto visa a reinserção social de mulheres que cumprem pena em regime semiaberto no Presídio Feminino de Florianópolis, por meio do trabalho de higienização e digitalização de processos antigos da Justiça Federal de Santa Catarina. O prêmio será entregue na segunda-feira (1).

O projeto é desenvolvido desde agosto de 2018 e emprega atualmente cinco internas. Elas trabalham seis horas por dia, junto ao Núcleo de Documentação da JFSC, e recebem um salário mínimo por mês, com retenção de 25% para o fundo da Penitenciária da Capital. Desde o início, o projeto contemplou nove mulheres, das quais quatro já passaram para o regime aberto. Cerca de 6,7 mil processos, o que corresponde a mais de 3,2 milhões de páginas, foram convertidas para o sistema eletrônico.